Filtrar pesquisa


Como se proteger das DST's no Carnaval?

Como se proteger das DST's no Carnaval?

Carnaval é sinônimo de festa, música, diversão e muita paquera.

Não é à-toa que nessa época do ano reforçamos as campanhas para o uso de preservativos na hora do sexo.

Seja pelo calor do momento ou por influência do álcool, muitas pessoas deixam a camisinha de lado e se expõe às chamadas doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).


A SPX alerta os foliões sobre o risco de contágio das doenças transmitidas por contato sexual sem o uso de preservativo (camisinha) com uma pessoa infectada. As mais conhecidas são a gonorreia e sífilis.

Sintomas das DST 
* Ardência ou coceira;
* Feridas nos órgãos sexuais; 
* Corrimento vaginal; 
* Bolhas ou verrugas; 
* Dor durante a relação sexual.


Diagnóstico
Algumas DST’s podem não apresentar sintomas, tanto no homem quanto na mulher, portanto, recomenda-se que, se fizer sexo sem camisinha, procure um médico para consulta e exames de rotina, se necessário.

Essas doenças quando não diagnosticadas e tratadas a tempo, podem evoluir para complicações mais graves, como infertilidade, câncer e até a morte.


Prevenção das Doenças Sexualmente Transmissíveis:
Usar preservativo em todas as relações sexuais (oral, anal e vaginal) é o método mais eficaz para a redução do risco de transmissão das DST’s, em especial ao vírus da AIDS.

Lembrando também que com este método previne a gravidez indesejada.


Quais os cuidados devo ter com o preservativo?


*Guarde-a em um lugar fresco e seco;
*Verifique a data de validade na embalagem;
*Verifique se possui rasgos ou defeitos;
*Use preservativos de látex ou poliuretano;
*Não use mais de um preservativo por vez;
*Use lubrificantes à base de água ou silicone.


Vamos aproveitar este carnaval com alegria e responsabilidade, cuidando da nossa saúde e de nossos (as) parceiros (as), usando sempre a camisinha em todas as relações sexuais. 

Se precisar, agende uma consulta, ligue para (11) 2095-8000.